quinta-feira, 5 de abril de 2007

O Segredo


Para estrear o blog, vou escrever sobre o filme a que assisti ontem à noite.

O Segredo estreou nessa semana nos cinemas, e eu aconselho todo mundo a não ver. Trata-se de um documentário, que apresenta à platéia uma "teoria". Diz o filme que o grande segredo do universo, conhecido por todos os grandes gênios da humanidade, como Da Vinci, Shakespeare, Einstein, Newton e muitos outros, é a Lei da Atração. Essa lei diz que atraímos para nós tudo o que pensamos, não importando se pensamos "positivamente" ou "negativamente'. Por exemplo, ao pensar que eu não quero, de jeito nenhum, ter meu carro roubado, eu estou atraindo o roubo (o filme usou esse exemplo, só que com uma bicicleta. Juro!).

Bom, depois disso, o documentário nos dá algumas "provas" "científicas" da lei de atração. Não vou nem entrar em detalhes sobre os exemplos para não ofender a inteligência do leitor.

Tenho certeza de que não consegui demonstrar aqui a quantidade de asneiras que eu tive que agüentar só nos primeiros quinze minutos de filme, mas eu juro que fiquei um bom tempo só olhando pra tela e não acreditando no que estava vendo. De tão ruim.

Além do conteúdo absolutamente imbecil do documentário, a parte artística deixa a desejar. Nas cenas em que há atuação (geralmente quando explicam-se os exemplos), o filme parece com uma daquelas propagandas do Polishop, e faz o espectador se perguntar onde foi que eles arranjaram aqueles atores.

Porém, o alvo dessa crítica não é o filme em si, e sim os produtores. O filme foi idealizado por uma mulher, cujo nome não me recordo agora, que queria compartilhar com o mundo sua crença na lei de atração. Até aí tudo bem, porque todos têm o direito de manifestar suas crenças, mesmo que não concordemos com elas. Além disso, a intenção da mulher era boa. Entretanto, como ela mesmo disse em entrevistas, o filme foi modificado e exagerado pelos produtores, obviamente para fazer mais sucesso. Quer dizer, o filme diz que é possível ficar rico pensando em dinheiro, e que se consegue tudo na vida só com pensamento positivo. É evidente que as pessoas adoram acreditar nesse tipo de coisa, e muitas acreditam nas baboseiras científicas que o filme apresenta para justificar a "teoria". Dá vontade mesmo de acreditar, essa tal lei faz a vida parecer tão mais fácil! Assim, os produtores aumentam as idéias da autora para que o filme se torne um sucesso fácil.

Para mim, isso se assemelha muito à Igreja Universal do Reino de Deus, pois ambos se aproveitam da crença e da ignorância das pessoas para enriquecer às custas delas. Acho isso desprezível, e espero que as pessoas não contribuam para isso. Basta não assistir a essa porcaria no cinema.


O Segredo (The Secret)
Austrália/Estados Unidos
Documentário
90 Minutos

__________________________________________
“O que eu espero, senhores, é que depois de um razoável período de discussão, todo mundo concorde comigo.” - Winston Churchill

Um comentário:

Anônimo disse...

Reclamadores vazios!
É contra tudo, mas nada prova.
prepotentes ao extremo.
falsos alternativos da moda.




Ass.: O conservador da retórica ácida