domingo, 6 de maio de 2007

Eu ainda fujo pra Islândia...

E o Sarkozy foi eleito na Franca. Nao, nao tem cedilha (o meu teclado, nao a Franca). Como que as pessoas votam em alguém que quer acabar com o Welfare State que eles ainda têm? É o tipo de coisa que se espera dos eleitores do Brasil. Pelo menos, foi disputado...

Mas a mais importante notícia do dia é que eu conquistei o mundo. Inteiro.

No War, é claro, mas peguei toda a Ásia em duas rodadas (na segunda, foi só o Japao).

Um recorde. Obrigado, obrigado...

2 comentários:

Guima disse...

ai ai...
o estado de bem estar social é um problema na frança e na alemanha.
não é que ele queira acabar com ele, mas corrigir, arrumar, assim como a outra mulher lá queria.
o problema dele é que ele é quase de extrema-direita... imagina um quase nazistinha mandando na frança. duvido que ele vá fazer o que ele prometeu, as reformas necessárias, ele é demagogo ao extremo.
blablablá.

sl
acho q não vai mudar muito.

Waick disse...

eu gostei dele dizendo: "se querem ganhar mais, que trabalhem mais". Me lembra daquela do FHC que disse pros pobres que eles é que eram felizes, pois nao tinham preocupaçoes e responsabilidades. Isso que ele (o Sarkozy) diz que é o candidato do povo. Imagina o povo ouvindo uma dessas... =P
é claro que ele é um demagogo, achei que nao precisaria explicitar... =P