terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Sketch: Aforismas na barraquinha do crepe

Cenário: Barraquinha de crepe (Krepp's Suísso)

Personagens: Atendente

Bombadão de sunguinha no. 1

Bombadão de sunguinha no. 2, cuja relação com o no. 1 não fica clara ao espectador.

Cena: (Bombadão 2 sai correndo pra longe da barraca)

Bombadão 1: Corre atrás, meu, corre atrás!
(vira-se pro atendente da barraquinha)
Se o cara nao correr atrás, não vai conseguir de jeito nenhum.

Atendente: Verdade, não dá pra ficar parado esperando as coisas chegarem.

Bombadão 1: Tem uma frase, já ouviu? No pain, no gain.

Atendente: ...?

Bombadão 1: Sem dor, sem ganho.

Atendente: Ah, é verdade isso daí, nunca tinha ouvido não...

Bombadão: É, surgiu lá com o pessoal da malhação, daí popularizou. Quer dizer que o cara que não sua a camisa não vai conseguir nada. Tem que doer mesmo, entende?

Atendente: É, mas eu acho que isso daí serve pra tudo na vida, né... Quer dizer, se o cara não fizer uns sacrifícios, nunca vai ganhar nada também...

Bombadão 1: Pode crer, meu, pode crer!