sábado, 16 de janeiro de 2010

Tim Burton

Reclamando de tudo, então vou reclamar do Tim Burton. Mas antes, é preciso deixar claro que eu adoro os filmes dele e acho que o trabalho dele é, na maioria das vezes, genial. Só que eu quero reclamar dele. Mesmo gostando.
Primeiro: ele tem que mudar o visual "gótico" dos filmes dele. Cansou. Deixar, pra variar, que outras pessoas desenhem os prédios, personagens e coisas assim. É sempre bonito, legal, muito tri. Só que é sempre o mesmo! Do primeiro curta dele, passando por Batman, Peixe grande (um dos meus filmes favoritos) e até agora no Alice. Ficar repetindo dá nos nervos.
Segundo: ele tem que se separar da Helena Bonham Carter, sua esposa. Vai dizer, a HBC só sabe interpretar um mesmo personagem, não interessa o filme. Comparem Marla do Clube da Luta com a guria/bruxa do Peixe grande ou a amante do Sweeney Todd: sempre igual com cabelo desarrumado com uma cara de esquizofrênica. Isso, somado ao fato de que o visual dos filmes do Tim Burton é sempre igual, faz com que ela seja sempre a mesma personagem. E cansou muito. Certo que ele só emprega ela porque é forçado a tal. O TB tem que urgentemente chutá-la pra dar um novo ar pros seus filmes.
Terceiro: chega de Johnny Depp. Todo mundo já sabe que ele é um puta ator e que entende como ninguém os personagens criados pela mente mirabolante do Tim Burton. Eles devem ser amantes. Chega de interpretações brilhantes de um mesmo ator. Dá uma chance pra outros, sério. Cansei de atuações geniais.
Cansei de escrever e de criticar o Tim Burton. O meu ponto é que ele tem que tirar umas férias de uns cinco anos pelo menos, porque ele tá se repetindo. Sempre o mesmo visual, sempre a mesma coisa. Se cortarem o Edward Mãos-de-Tesoura para a Fantástica fábrica de chocolate (na cidade, não dentro da dita cuja), não se percebe a diferença e dá pra dizer que é o mesmo filme (visualmente) e isso é válido pra maioria dos filmes dele. Enche o saco. E é sempre uma história surreal, uma coisa bizarra no meio do mundo real. SEMPRE. PORRA, ISSO CANSA!
E o pior é que os filmes são quase sempre muito bons ou ótimos. Então é o bom que tá cansando. Precisa mudar. Tanto é que é o filme "mais diferente" dos outros (Peixe grande) que é o melhor, porque ele utilizou suas melhores características de um jeito diferente do que ele já havia feito (sem o amante e praticamente sem a esposa).

Acho que deu pra entender né.

Um comentário:

Waick disse...

sabe que eu nem to muito curioso com a alice... sei lá, os cartazes parecem muito exagerados, tudo colorido demais. impliquei com o mad hatter, com a rainha de copas e com a própria alice, que parece ter uns 20 anos (??)